Interessante artigo sobre a utilização do monitor de eventos sintomáticos para a detecção e tratamento da fibrilação atrial (FA).
Também aborda o oclusor do apêndice e looper implantável.

Abaixo segue um resumo e o link para acesso ao texto original com os resultados obtidos.

“…Existem grandes desafios pela frente para os médicos que tratam pacientes com fibrilação atrial (FA). Então espera-se que a população com FA se expanda consideravelmente. Além da anticoagulação, as terapias usadas na FA não demonstraram ter um impacto consistente na mortalidade ou reduzir eventos cardiovasculares adversos.

Portanto novas abordagens para o manejo da FA, incluindo o uso de novas tecnologias e cuidados estruturados e integrados, têm o potencial de melhorar a fenotipagem clínica ou resultar em melhor seleção de tratamento e terapia estratificada. Aqui também, nós relatamos os resultados da 6ª Conferência de Consenso da Rede de Fibrilação Atrial (AFNET). E da Associação Européia de Ritmo Cardíaco (EHRA). Realizada na Sociedade Cardiológica da Sociedade Européia de Cardiologia em Sophia Antipolis. França, de 17 a 19 de janeiro de 2017.

Sessenta e dois especialistas globais em FA e 13 parceiros da indústria reuniram-se para desenvolver soluções inovadoras baseadas em novas abordagens para triagem e diagnóstico, aprimorando a integração dos cuidados de FA, desenvolvendo vias clínicas para tratar pacientes complexos, melhorando as estratégias de prevenção do AVC e melhor seleção de pacientes para a taxa e controle de ritmo. Em última análise, essas abordagens podem levar a melhores resultados para pacientes com FA…”

 

fonte: artigo original EUROPACE

Oxford University Press

Confira aqui, clínicas que já utilizam o Web Looper.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *